Experimentar
Corrupção
Namoro
Em Cima da Hora
Curiosidade
Pecados
Dor e delícia de ser como sou A Casa Caiu!
Escolhas
Olhando pela Janela
Além do que se vê
Felicidade
Meu Trabalho
Seduzindo com as Palavras
O Poder da Palavra
O Efeito da Música
Os Prazeres da Vida
Férias
Governo Lula
Resoluções de Ano Novo
Mulheres Comandam
Celebridade
Três Coisas
Fim de Ano
Detalhes
Amor ou Paixão?
Ciúmes
Vc Tem Fome de Quê?
20 e Poucos Anos
Beleza Comprada
Sotaque
Sexo
Vida de Blogueiro
O Início de Tudo



Domingo

Rafaela
31 anos
Iguape-SP
.:Outro Blog:.


Segunda-feira

Proibido
36 anos
Brasília-DF
.:Outro Blog:.


Terça-feira

Tati Tatuada
Idade Sob Segredo
São Paulo-SP
.:Outro Blog:.


Quarta-feira

Renato
25 anos
Rio de Janeiro-RJ
.:Outro Blog:.


Quinta-feira

Olhos Verdes
Na Flor da Idade
São José dos Campos-SP
.:Outro Blog:.


Sexta-feira

Nanda
37 anos
São Paulo-SP
.:Sem Outro Blog:.


Sábado

Lane
22 anos
Ipatinga-MG
.:Sem Outro Blog:.






















Celebridades do mundo blogueiro dando as suas versões para o tema escolhido da semana. 7 cabeças, 7 visões, mas sempre a mesma beleza. A beleza da escrita!


Sábado, Julho 16, 2005


Se amor combina com distância ou se distância combina com amor?
O que importa mais, a distância ou o amor?
Será possível escolher a kilometragem, na qual seu amor vai se encontrar?

Bem, esqueçamos a distância e vamos ao amor.

O amor transcende, vai além de paredes, de longitude ou de latitude.
Desconhece fronteiras, se estabelece sem pedir licenças e não possui fita métrica.
É capaz de romper barreiras, de alçar-se em vôos além do imaginário e de andar em terra firme por caminhos a fio.

Quem ama faz o impossível virar possível em um passe de mágica e transforma um deserto árido em terreno fértil. Quem ama não conhece limites, pois sabe que apesar do longo percurso o rio sempre encontra o mar, e por isso, por ter esse conhecimento, aproveita a longa viagem pra planejar como vai deliciar cada segundo, pois cada segundo representa uma hora.

Amar, o amor, ser amando é a plenitude da vida, a magnitude da existência, sendo assim, não há porque comparar, medir ou restringir o amor à distância.

Lane








Sexta-feira, Julho 15, 2005


Li e reli a opinião de todos aqui a respeito... Tem os que disseram ser impossível amar assim...
Apesar de amar e se estar longe não ser a melhor opção, muitas vezes fazem parte da mesma histÓria sim...

Claro que o ideal seria ter a pessoa sempre por perto, poder pedir colinho quando se está precisando, poder fazer um chamego sempre que tem vontade, ter o brilho dos olhos do outro sempre a iluminar seu dia...

Mas quem é que manda em sentimento, quem é que escolhe ?

Amor com distância muitas vezes rima com dor, com angústia, com lágrimas, com carência, com vontade sufocada...

É amor recheado de saudade, de beijos longamente imaginados, de arrepios fora de hora, de sorrisos ante as lembranças...

Mas tem os reencontros... aqueles momentos em que quando os olhos se cruzam, e o tempo passa a ser só um detalhe... parece que foi um lapso, que nunca existiu separação... Aquela coisa de continuar de onde se parou, aquela sensação de se estar em casa novamente...

Não é escolha, as vezes é uma cédula com opção única...



Nanda








Quinta-feira, Julho 14, 2005


Amor e Distância


Taí, o tema sobre um assunto que eu não sei lidar. Acho difícil amar a distância, ao mesmo tempo, no final do meu ex-relacionamento descobri que a gente se dava super bem a distância.... maluco isso né?

Amor é tudo de bom e a distância quebra.
Amor é chamego e a distância não proporciona.
Amor é sentir o calor do outro e a distância esfria.
Amor é contar com a presença do outro e a distância ausenta.
Amor é rir olhando nos olhos e pegando nas mãos e a distância só dá ouvidos.
Amor não combina com distância.

Como eu disse, não sei amar um amor a distância nem tampouco manter por muito tempo um amor incondicional a distância sem sofrimento...
Tive uma experiência na minha vida que foi viver quatro anos e meio longe de pessoas que eu amo para acompanhar o homem que eu amava. Eu era feliz de um lado mas totalmente melancólica do outro.

É uma faca de dois gumes isso.

Confesso que a distância nos faz sofrer mas tb nos dá a oportunidade de fazer um raio x de situações que ¿estando perto¿ nem sempre é possível.

É isso. Um beijo carinhoso a todos que estão distantes porém moram no meu coração.
A distância do mundo virtual nem parece distância não é mesmo?

Olhos Verdes








Quarta-feira, Julho 13, 2005


Como Posso?

Como posso ficar somente imaginando seu sorriso, seu carinho?
Como posso não ter sua presença, sua atenção, seu cuidado comigo?
Como posso fingir estar sendo beijado e desejado se não a tenho junto de mim?
Como posso querer que meu corpo queime de desejo se não há o seu calor por perto?
Como posso permitir que você se mantenha distante de mim se o que eu quero é estar dentro de você?

Não posso.

Por isso, amor e distância não combinam.
Por isso, quero você para sempre ao meu lado.

Por isso, eu te amo.








Terça-feira, Julho 12, 2005


Duas palavras que me parecem antônimos
Antônimos são palavras ou expressões que tem significado oposto ao de outra.
Férias conjugais é outra coisa, totalmente diferente. Férias, ou até feriado conjugal, faz com que a distância intensifique os sentimentos, faz você lembrar da pessoa, querer compartilhar aquele momento com ela.
Distância não, namorar à distância deve ser uma das piores coisas de se vivenciar, porque se deixa de curtir o momento para chorar a ausência.
E se for para chorar a ausência, melhor arrumar alguém que não o deixe chorar.
Tenho uma amiga que namora um marinheiro, o coitado esta nesse instante, no meio do oceano. Faz uns dois meses e ela lá, firme, não sai, não se diverte, o máximo que se permite é uma cervejinha no fim de tarde, mas não pode ser na sexta, porque o marujo pode ligar.
Acho que cada um sabe de si, falei uma única vez, se for para você ficar em casa na sexta-feira esperando o marujo ligar e o moço não liga, vai ficar com raiva, se você sair e ele ligar, você e ele ficarão raivosos, então flor, acaba logo esse namoro e quando ele voltar, estiver definitivamente em terra firme, vocês reatam, ai fica tudo lindo
Claro que a moça me chama de racional. Mas sejamos práticos, que vida de namoro é essa em que ela fica uma semana com ele e dezoito sem?
Amor é aqui e agora, mão naquilo, aquilo na mão, beijo na boca e muita alegria.
Então tá.

Tati Tatuada








Segunda-feira, Julho 11, 2005


Eu não acredito!!!

Amor é convivência, é estar presente, é dar e receber colo, é beijar e "coisar". Ou seja, amor é físico: é gosto, toque, prazer. Mais físico ainda: é mão, boca, "aquilo" também. Tem que ser. Pra que porra amar quem está do outro lado do mundo? Pra viver angustiado? Recluso? Triste? Saudoso? Esperançoso? E, quando se encontram, têm que viver um ano em uma semana? Porra nenhuma!!! Eu não caio nessa!!!

Apaixonei-me a primeira vez aos 16 anos. Aos 17, fui morar a 430Km de distância. Era um sofrimento. Até hoje tenho todas as cartinhas guardadas. Muito bonitinho de se ler. Mas amargo pra quem viveu.

Hoje, aos 36, levo um relacionamento muito gostoso à distância. Mas não acredito que seja amor, no verdadeiro sentido da palavra. Tampouco, acredito que se transforme no verdadeiro amor. É muito bom, muito gostoso... e acho que só é isso tudo, porque estamos longe da convivência diária. Dessa forma, sem convivência constante, o amor não se desenvolve. É como plantar uma árvore num caqueiro e esperar que ela cresça, se desenvolva... sempre será uma muda ou uma pequena árvore... um bonsai. É isso que penso... amor à distância é um bonsai, uma minúscula árvore decorativa que jamais irá florear ou gerar frutos.

Postado pelo Proibido








Domingo, Julho 10, 2005




Amar e estar distante
Tarefa cruel
Sempre na busca,
Da satisfação parcial do
Que esperamos ser a plena e doce
Exaltação
Do querer...
Sempre pensei que
Se um dia amasse
Seria para viver ao lado
Da pessoa amada
Mas qual quê?
Longe estou,
Todos os dias, levada ao extremo
Beirando a loucura e o desespero
De estar, apenas isso,
Estar ao lado do amor.
Deixar ficar, sem cobranças, sem pedidos,
Sem exigências, sem nada;
Apenas ficar ao lado de quem se ama...
Sonhar, aspirar, desejar, ter vontades,
É o que espera aquele que
Por ironia do destino,
Toma o amor distante como seu enleio.
Mas pergunto quem conseguiria
Viver sem sentir tudo o que de bom,
Vem com esse sentimento,
Que arrebata, joga pro alto o Ser,
E renova a cada dia o nosso querer,
Transformando-nos em pessoas melhores,
Tanto que apreciamos com olhos generosos a Vida,
Que por mais complexa que pareça
Faz-se Bela a cada amanhecer.

Rafaela